Brasileira participa de Seminário sobre Regime Próprio de Previdência

Diretor da Previdência de Brasileira Isaac Araujo com o advogado Drº Guilherme Nery de Almeida

O Seminário Piauiense sobre Regime Próprio de Previdência (RPPS), realizado nesta  terça-feira (25), atraiu participantes de todo o Piauí e de estados vizinhos do Nordeste. O evento foi promovido pela Associação Piauiense de Municípios (APPM) e contou com a parceria de empresas gestores de previdência, bancos de investimentos e instituições públicas. O auditor do Tribunal de Contas do Estado do Pernambuco, Ricardo Souza, um dos palestrantes do seminário, elogiou a inciativa da APPM e destacou o pioneirismo e o posto de referência nacional da entidade.



Atualmente, 63 municípios do Piauí possuem regimes próprios de previdência e outros desejam criar o RPPS, saindo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS). Então, visando criar uma grande mesa redonda para o debate, a APPM planejou esse evento contando com palestrantes locais e nacionais, com renome no tema.
O presidente da APPM, Gil Carlos, falou do alto nível das palestras, da programação do evento e agradeceu aos prefeitos e gestores de fundos municipais de previdência, por estarem empenhados na aquisição de novos conhecimentos.
A reforma da Previdência hoje é um tema que, juntamente com a reforma trabalhista, é o mais polêmico do Brasil. Então, juntar todas essas entidades em um esforço para o maior entendimento dessa reforma, e da criação de regimes próprios de previdência, é dar nossa contribuição de maneira proativa, que ajude aos municípios resolverem seus problemas e serem fomentadores de seu próprio desenvolvimento. Os municípios precisam amadurecer, através das boas práticas e assumindo suas responsabilidades, promovendo assim sua autonomia administrativa e financeira”, completou o presidente.
O Diretor/Presidente da Previdência Própria de Brasileira, Isaac Araujo participou do evento enriquecedor realizado na capital Teresina agregando mais conhecimentos para gerir com eficiência o setor previdenciário do município.
Fonte: APPM
Edição: Assessoria de Comunicação
Tecnologia do Blogger.