O estado do Piauí reduziu em 70% número de adultos fumantes, em nove anos. Algo a se comemorar neste 29 de agosto, Dia Nacional de Combate ao Fumo. Para diminuir ainda mais esse quantitativo, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) lança a campanha “Tabaco e Saúde Pulmonar”.

O objetivo é alertar a população sobre o uso do tabaco como fator de risco para várias doenças, como explica a coordenadora de Saúde do Adulto e Idoso da Sesapi, Valdite Leão. “O fumo é um desencadeador de várias doenças, mas principalmente de câncer de pulmão, traqueia e brônquios. O tabaco fumado em qualquer uma de suas formas é responsável por 90% de doenças pulmonares. E alertar sobre esses riscos à saúde é uma das estratégias da nossa campanha”, destaca Leão. 
Em 2009, a Secretaria de Estado da Saúde implementou o Programa de Controle do Tabagismo, que vem avançando significativamente. Neste ano, já são 190 municípios piauienses que oferecem o  tratamento em 912 postos de saúde, o que colaborou para a queda do número de fumantes.
 “Quando começamos os trabalhos em 2009, o Piauí tinha 18,9% de sua população adulta fumante, e no ano passado esses números reduziram para 5,5%”, ressalta a coordenadora.
Além de alertar sobre os riscos para a saúde, a iniciativa quer chamar a atenção para os serviços disponibilizados, que ajudam no tratamento de quem quer parar de fumar. “Estamos fazendo capacitações nas onze regionais de saúde. Nossa meta para 2020 é que os 224 municípios piauienses possam oferecer esse serviço, para que esses números caiam ainda mais”, afirmou Valdite Costa.
Para os que desejam parar de fumar, a Secretaria de Estado da Saúde orienta que procure o posto de saúde mais próximo de sua casa, onde será atendido por uma equipe multidisciplinar e contará ainda com medicamentos gratuitos à sua disposição. Outras informações podem ser consultadas na Coordenação de Controle ao Tabagismo da Sesapi, ou por meio do Disque Saúde 136.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Brasileira