A Justiça suspendeu os efeitos de decreto legislativo nº 02/2019 da Câmara de Vereadores de Nossa Senhora do Remédios e determinou que Manoel Lázaro seja reconduzido ao cargo de prefeito.
A decisão é do juiz Sergio Roberto Marinho Fortes do Rêgo, da Comarca de Porto.
Segundo a decisão, houve irregularidade na convocação de suplente de vereador Gonçalo Fortes paraocupar vaga na Câmara, substituindo Francisco da Chagas do Carmo que tinha se licenciado do cargo.
Gonçalo acabou participando da votação, o que segundo o juiz, acabou influenciado diretamente na cassação do prefeito Manoel Lázaro. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Brasileira