O Tribunal de Justiça do estado do Piauí anulou na tarde dessa quarta-feira 13, a eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Valença do Piauí.  Os vereadores que assumiram após decisão do TSE não respeitaram o regimento interno e a lei orgânica do município, vindo a comentar constrangimento ilegal contra os vereadores Lucivaldo Monteiro e Leilivan Martins, que eram os cotados a assumir como presidente e vice presidente daquela casa legislativa. Com a decisão do desembargador Oton Lustosa Torres, o juízo de 1° grau da comarca de Valença tem que empossar ambos os vereadores como presidente e vice presidente o mais rápido possível. 
 


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Brasileira