https://drive.google.com/uc?export=view&id=1X0LKazVKXxMlvJ7y4AtcKjAeBFxA-1x9
A maior concentração de água nessa época do ano, por conta do período chuvoso, influencia diretamente na proliferação de insetos. Na busca por alimento, esses animais costumam invadir as casas e incomodar os moradores. Além do incômodo, as moscas, por exemplo, podem transmitir diversas doenças, que aparecem com mais frequência nessa época do ano. 

Os sintomas, praticamente são os mesmos. “Eu estou com três dias com febre alta, dor de cabeça e nas minhas juntas”, revela Soco Lima, dona de casa. “Amanheci com muita tosse, dor no peito e muita febre”, diz Juliana Maria, recepcionista.
Segundo o infectologista Kelson Nobre, nesse início das chuvas se espera  a proliferação das moscas.  “Elas transmitem principalmente viroses do tipo gastro intestinal, que se manifestam em vômitos e diarréias. Porém, também é comum vírus respiratórios, como resfriado e gripes. Essas são as que devem aumentar nesse período chuvoso. E claro, a dengue, que aumenta com a quantidade de água acumulada”, disse o médico. 

No dia-a-da, é preciso ter cuidados relacionados a higiene, como por exemplo, lavar bem os alimentos, assim como as mãos na preparação deles; lavar bem aos mãos ao sair do banheiro ou a pegar em dinheiro. “Ainda é preciso se atentar a pratos e talheres, parara evitar que as moscas pousem nesses locais, evitando assim, qualquer contaminação”. completa Kelson Nobre.  



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem