Uma menina de 13 anos morreu ao dar à luz o bebê gerado pelo estupro do próprio pai na cidade de Coari, no Amazonas. Luana Ketlen, filha de Tome Faba, de 36 anos, descobriu a gravidez quando já tinha cinco meses de gestação. A reportagem é do iG/ Último Segundo

Segundo a família, a menina não contou que era estuprada porque era ameaçada de morte pelo pai. Depois que a gravidez foi descoberta, ela relatou que sofria os abusos desde os nove anos de idade.
Pouco após a descoberta da gravidez, a menina desenvolveu uma anemia severa e passou a sentir muita dor. Ela foi internada e os médicos induziram o parto para tentar salvar a mãe e o bebê. O menino sobreviveu, mas a adolescente morreu por complicações no parto.

O pai de Luana foi preso por estupro de vulnerável e homicídio. Segundo o delegado responsável pelo caso, José Barradas, a menina era estuprada pelo pai durante saídas para pescar.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Brasileira