Uma decisão do juízo da 3ª Vara da Comarca de Parnaíba impediu a posse de quatro dos cinco conselheiros tutelares eleitos em 27 de outubro do ano passado, em pleito realizado pelo Conselho Municipal de Criança e Adolescente da prefeitura de Parnaíba.

Em ação movida pelo Ministério Público, a suspeita de participação - direta e indireta - de vereadores do município foi apontada, o que acabou na concessão de liminar pela juíza Zelvânia Márcia Batista Barbosa, impedindo a posse dos conselheiros eleitos.

Foram anulados os registros de candidatura de Maria Vanuza Nascimento Silva, Frank da Silva dos Santos, Ana Cristina Soares de Souza e Aloísio de Moraes Cunha Filho.

Com a decisão, os respectivos suplentes foram empossados nas vagas para conselheiro.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem