Um documento obtido pelo jornal inglês The Telegraph aponta que a Itália pretende negar atendimento para pacientes com mais de 80 anos ou que apresentem más condições de saúde em unidades de terapia intensiva (UTIs). O país é um dos mais afetados pela pandemia do novo coronavírus no mundo.
Segundo o The Telegraph, o documento foi preparado pelo Departamento de Defesa Civil do Piemonte e diz que o avanço da “epidemia atual torna provável que seja alcançado um ponto de desequilíbrio entre as necessidades clínicas dos pacientes com Covid-19 e a disponibilidade efetiva de recursos intensivos”.
O documento prevê ainda que o atendimento levará em conta a capacidade do paciente de se recuperar. “[Quem vive e quem morre] é decidido pela idade e pelas condições de saúde do [paciente]. É assim que ocorre em uma guerra”, disse um médico ao jornal inglês.
Até o momento, a Itália contabiliza 31.506 pessoas afetadas pelo novo coronavírus, incluindo casos ativos, mortes e pacientes curados.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem