O celular hoje é indispensável tanto na vida social como profissional. É uma das principais ferramentas para quem trabalha em agências de publicidade, empresas de jornalismo, marketing digital, etc.  Em tempos de Covid-19 é preciso mais do que nunca fazer a higienização recorrente do aparelho.
Segundo o “Dr Bactéria” (Roberto Figueiredo), um celular é mais sujo do que uma sola de sapato, daí a necessidade de limpeza contínua, principalmente em ambiente coletivo, como nas agências, onde o celular passa de mão em mão.
Mas cuidado. Não é qualquer produto que deve ser usado, tanto pela questão da limpeza efetiva para matar as bactérias como por conta de não estragar a tela do celular.
O álcool isopropílico é o produto mais indicado. Além de ser usado com antisséptico nos hospitais é utilizado também para limpar componentes eletrônicos, pois sua porcentagem de água é menor do que 1%, e por isso não causa a oxidação das peças.

O que evitar
Evite empregar etanol hidratado (o popular álcool de limpeza, de graduações variadas) e derivados. Mesmo com o álcool em gel, pelo mesmo exato motivo. Da mesma forma, não use detergentes, limpa-vidros comuns, removedores, saponáceos ou similares, pois eles podem deixar manchas permanentes na tela.
No momento da limpeza, evite passar o produto com toalhas de mesa, lenços faciais ou qualquer material áspero. Quanto mais algodão tiver o pano, melhor. Também podem ser usados pano de microfibras, ou aqueles lenços que vem com os óculos. Não molhe diretamente o dispositivo com jatos do produto, já que há o risco de o líquido entrar em seu interior, provocando danos graves. O mais seguro é umedecer levemente o pano e esfregá-lo em uma mesma direção.
Idosos
Nos casos dos idosos, principalmente os avós, que “emprestam” o celular para os netinhos jogarem, tem de haver um cuidado redobrado com a limpeza. Existem produtos comerciais que são próprios para a limpeza de celular mas a higienização mais correta ainda é com o álcool isopropílico.

Alternativa
Não achou álcool isopropílico? Dr. Bactéria indica aqueles lenços de papel para limpar bumbum de neném.
Da Apple
Desde a crise do SARS a Apple indicou em sua documentação para dizer, explicitamente, que pode usar “lenço com álcool isopropílico com concentração de 70%” sem que isso enseje riscos ao aparelho.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Brasileira