https://drive.google.com/uc?export=view&id=1MMQgduB_3f3eNJVnt5w7WRLX-M82aa_Q
O prefeito de Varginha, no Sul Minas, renunciou ao mandato na manhã desta segunda-feira (6). A informação foi confirmada à reportagem pela prefeitura. 
A autorização para o retorno das atividades foi alvo de questionamentos do Ministério Público, organizações da área de saúde e autoridades sanitárias, tais como a Associação Médica, comissão de enfrentamento à Covid-19, Conselho Municipal de Saúde e a Superintendência Regional de Saúde.

Na carta de renúncia, entregue à Câmara dos Vereadores, o chefe do executivo municipal alegou razões de foro íntimo para sua saída. 

"Não sou prefeito, apenas estou prefeito, mas, nas atuais circunstâncias e por razões de foro íntimo, reconheço não ter condições de continuar administrando a Prefeitura. (...). Relembrando as palavras do Apóstolo Paulo, posso afirmar que 'combati o bom combate', terminei a carreira, guardei a fé, e encerro a minha missão com a consciência do dever cumprido", diz o comunicado. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem