O governador Wellington Dias anunciou a prorrogação do decreto para promoção do isolamento social no Piauí até o dia 21 de maio, mantendo o funcionamento apenas dos serviços e empresas consideradas essenciais para a população, a fim de evitar a disseminação do novo coronavírus.
Após reunião com o Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública do Estado do Piauí (COE/PI), Dias anunciou que serão estabelecidos critérios de avaliação para a retomada das atividades e a elaboração de um protocolo para a fiscalização destes critérios
"O Piauí está em uma situação confortável [em relação a outros estados], mas não podemos relaxar. E essa não é uma decisão minha, do cidadão Wellington Dias, nem mesmo da pessoa do governador, é de um colegiado que teve como base a ciência", diz Wellington.
Na live para anunciar as medidas, o governador afirmou que a reabertura do comércio e demais setores não considerados como essenciais, vai depender do cumprimento das regras de isolamento. 
"Quem vai dizer o momento de sair é a nossa capacidade de manter o isolamento. Para quem é de outras atividades a regra ainda é a do ficar em casa e, se sair, tem a obrigação de usar máscara", reforça.
Entre os critérios para a retomada das atividades está o cumprimento das atuais regras de isolamento social. Hoje, em média 56% da população tem permanecido em casa. No país, o Piauí está entre os cinco melhores estados em média de isolamento.
Além disso, o estado possui 2.481 pontos de quarentena em 36 municípios, com pessoas que vieram de outros estados, além do isolamento de pessoas que tiveram contato com pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Brasileira