O Piauí registrou mais duas mortes de pacientes infectados pelo novo coronavírus. Uma criança de 13 anos, de Pedro II, e um idoso de 61 anos, de Parnaíba, faleceram neste domingo (19). O número de óbitos chegou a 12, com 158 casos confirmados em 22 municípios. 
A criança de Pedro II estava internada no hospital infantil Lucídio Portela, em Teresina (PI). A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) informou que ela tinha sequelas de paralisia cerebral e desnutrição. 
O homem que faleceu em Parnaíba estava internado no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda). Foi a segunda morte de pacientes do município - o primeiro estava internado em Teresina. 
Das mortes confirmadas, 5 são de pacientes de Teresina e outros 2 eram de Parnaíba. Os outros registros são de Bom Princípio, São José do Divino, Picos, Piracuruca e agora Pedro II. 
A última vez que o Piauí tinha registrado dois óbitos por Covid-19 no mesmo dia foi em 29 de março, quando faleceram dois idosos em Teresina. 
Novos casos no Sul do Piauí
Neste domingo (19), foram confirmados pela Sesapi 14 novos casos: 11 em Teresina, um de Pedro II, e os primeiros registros em Floriano e Lagoa do Barro. São 9 mulheres e 5 homens infectados pelo novo coronavírus, além de um bebê de 4 meses, na capital. 
O primeiro caso de Floriano, no Sul do estado, foi confirmado pelo prefeito Joel Rodrigues (Progressistas), em transmissão ao vivo nas redes sociais. Trata-se de uma profissional de saúde que reside no município e teve contato com uma pessoa em São Raimundo Nonato. 
Todo o grupo familiar da paciente foi testado, e a Unidade Básica de Saúde Camilo Filho, onde a servidora trabalha, ficará fechada por 14 dias, por conta do isolamento ao qual os outros profissionais precisam ser submetidos. 
O prefeito de Floriano ressaltou a importância do isolamento social para evitar que o número de casos cresça de forma acelerada, mas afirmou que vai reavaliar a situação para reabertura ou não do comércio a partir de maio. 
Em Lagoa do Barro, a prefeitura informou que um homem de 32 anos teve primeiro exame positivo para Covid-19 através de teste rápido, no último sábado (18). O paciente reside em Marcolândia, mas tem casa alugada em Lagoa do Barro, onde trabalha em uma usina eólica.
Fábio Lima

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem