https://drive.google.com/uc?export=view&id=1n0b4PphXEGuAj0DNlwyXdffieLTaVSF9
A agência reguladora dos Estados Unidos, FDA, emitiu na tarde de hoje a autorização para uso emergencial do medicamento Remdesivir em pacientes hospitalizados por covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. O informe foi feito pelo presidente americano, Donald Trump.
A autorização se baseou em um estudo patrocinado pelo Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIH, na sigla em inglês) que mostrou que o medicamento reduziu o tempo de internação dos pacientes graves da doença. Esses resultados foram anunciados na quarta-feira pelo Dr. Anthony Fauci.
O uso emergencial é uma autorização em nível mais baixo do que a aprovação total da agência, "mas é um sinal de que a FDA acredita que os benefícios de um medicamento superam seus riscos em certos pacientes", informou a CNN americana.
A autorização se limita a adultos e crianças com suspeita ou confirmação laboratorial da doença e pacientes graves e só poderá ser administrado em ambiente hospitalar.
O Remdesivir, um medicamento antiviral administrado por via intravenosa e previamente testado como tratamento para o ebola, está entre os tratamentos experimentais mais observados de perto para a covid-19 e está sendo estudado em vários ensaios clínicos em todo o mundo.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem