A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) lançou, nesta quinta-feira (23), às 12 horas, o Sistema de Cadastro Cultural do Piauí (Sicac), que tem como objetivo cadastrar todos os trabalhadores da cultura do estado, incluindo as pessoas que participam da cadeia produtiva dos segmentos artísticos e culturais.

O sistema contempla artistas, produtores, técnicos, curadores, oficineiros e professores de escolas de arte, bem como espaços, grupos e instituições culturais. O cadastro cultural deve ser feito no site da Secult, no link: http://www.cultura.pi.gov.br/sicac/.

“O intuito da iniciativa é traçar um panorama dos agentes, espaços, grupos e instituições culturais de todo o Piauí. O cadastro possibilitará a criação de indicadores sobre a produção cultural no estado, contribuindo no planejamento, monitoramento e avaliação das políticas públicas”, explica o secretário de Estado da Cultura, Carlos Anchieta.

Com o banco de dados do Sicac, será possível também aos artistas cadastrados receberem o auxílio de R$ 600 mensais previstos na Lei Aldir Blanc. Vale ressaltar que a verba a ser utilizada pela Lei Aldir Blanc vem do Fundo Nacional de Cultura, com recursos federais já aprovados e não usados.







Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Brasileira