O painel Covid-19 da Secretaria de Saúde do Piauí, que acompanha os dados sobre a doença no estado, revelou que o número de óbitos pelo novo coronavírus no Piauí se manteve em queda pela quarta semana seguida. Segundo o painel, na 31ª semana epidemiológica, a mais recente, foram computadas 126 vítimas da Covid-19, contra 192 pessoas na 27ª semana, uma queda de 34%.

A queda constante de óbitos é considerada pelos especialistas um importante termômetro sobre o controle da pandemia. O pico de mortes alcançado no Piauí foi de 192, na 27ª semana. Na semana seguinte (28ª), foram 152 óbitos; na 29ª, 164; na 30ª, 143, e agora, na 31ª, 126. 

A tendência de queda no Piauí foi divulgada também neste sábado (1º) pelos dados do consórcio de imprensa, que faz levantamento em todo o país com dados das secretarias estaduais de saúde. O levantamento nacional também apontou o Piauí no mapa dos estados que apresentam a média móvel de queda em óbitos por Covid-19.

A redução dos óbitos é resultado das ações adotadas pelo Governo do Estado desde o início da pandemia, com a determinação para a suspensão de várias atividades econômicas, as campanhas educativas sobre os cuidados com higiene, uso de máscaras e distanciamento social, os investimentos em novos leitos hospitalares, as instalação de barreiras sanitárias nas divisas do Piauí com outros estados e a criação do programa Busca Ativa.

O governador Wellington Dias atribui o bom resultado no combate à pandemia aos investimentos do Governo e ao comportamento dos piauienses, que entenderam a necessidade de ficar em casa por longos meses. “Fomos um dos estados do Brasil que mais demoraram a flexibilizar a quarentena, mas nossa decisão foi acertada. Conseguimos evitar o colapso no sistema de saúde e, mais do que isso: vamos completar um mês de reabertura sem que o número de mortes subisse, como aconteceu em outros estados que abriram o comércio antes da hora”, explica o governador.

Além da melhora no índice de óbitos, o Piauí também reduziu a taxa de reprodução (R0) do novo coronavírus. Segundo o último levantamento do Instituto Amostragem, a taxa está em 0,74, a segunda queda consecutiva em relação à taxa anterior, que era de 0,87. 

Apesar das boas notícias, Wellington pede cautela da população, evitando sair de casa sem necessidade e adotando todos os cuidados para evitar a propagação do novo coronavírus. “O controle definitivo do vírus Sars-Cov-2 vai depender de todos nós”, conclui o chefe do Executivo.


Fonte: Com informações da Ascom

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Portal Brasileira