O governador Wellington Dias (PT) afirmou nesta quinta-feira (15) que o governo do Piauí não descarta a possibilidade de voltar a adotar medidas mais rígidas, como lockdown, diante do aumento do número de casos e mortes por Covid-19 nas últimas semanas. 

O chefe do executivo chegou a relacionar as aglomerações, registradas na capital e no interior, durante o período de campanha eleitoral, como causas que contribuíram para o aumento da média de casos e mortes. 

"É preciso analisar qual o impacto que tem as atividades da política, do ano de eleição. A gente percebe que tem um casamento desse crescimento do número de casos  pós-convenções , mas desse tema quem vai tratar é o Tribunal Regional Eleitoral, que é quem faz o regramento das eleições.  De qualquer maneira, queremos seguir a ciência. Queremos ter a proteção da vida. O comitê vai apresentar as sugestões e a partir daí vamos abrir um diálogo, inclusive com o TRE", disse. 

Wellington Dias também voltou a citar preocupação com a possibilidade de uma segunda onda de casos da Covid-19 no Piauí e defendeu a volta de um maior rigor nas ações de fiscalização, na capital e no interior. 

"Veja o que está acontecendo em outros países. Países que já tinham superado a doença e estão tendo que voltar ao isolamento mais rígido, voltar às medidas limitação de número de pessoas ainda maior", citou Wellington Dias. 

Fonte: Cidade Verde

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem