A prefeitura da cidade de Prata do Piauí, localizada no Centro/Sul do Estado, adotou novas medidas emergenciais de combate ao novo coronavírus após o aumento de casos no município. Além disso, o atual gestor, Willhelm Barbosa Lima, testou positivo para Covid-19. Ele cumpre isolamento social em sua residência em Teresina. 

O Decreto proíbe o acesso de pessoas à estabelecimentos comerciais e a outros locais sem o uso de máscara, aglomerações em praças, funcionamento de bares,  atividades religiosas em igrejas e entre outras restrições.

A medida, publicada na última sexta-feira (20), já entrou em vigor e seguirá até o dia 08 de dezembro. Segundo a decisão, proprietários de estabelecimentos que descumprirem as orientações do decreto poderão ser multados em até R$ 1000 reais, além do fechamento imediato do local por prazo indeterminado. 

A decisão no município também limitou os horários de funcionamentos de atividades essenciais e não essenciais: Nos dias úteis, estabelecimentos de atividades essenciais ficarão de 6h às 20h; nos sábados de 6h às 20h e domingos de 6h às 14h.  Já os locais de atividades não essenciais estão autorizados a funcionar de 8h às 16h nos dias úteis; sábados de 7h às 12h e domingos ficarão proibidas de funcionar, assim como nos feriados. 

Para esses estabelecimentos funcionarem, a prefeitura determinou algumas condições, como disponibilizar álcool em gel, pia com sabão também para higienização dos clientes, higienização dos locais com frequência; fazer o uso de Equipamento de proteção individual, além de controlar o acesso de pessoas. 

A prefeitura informou ainda que contratará uma empresa de segurança para aumentar o contingente para implementação de medidas de fiscalização e de repreensão de polícia sanitária nas ruas da zona urbana e rural do município. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem