°C °C
Publicidade

Comissão aprova projeto que anula portaria da ANTT sobre fiscalização de transporte clandestino

Vinicius Loures/ Câmara dos Deputados O relator Rodrigo Coelho recomendou a aprovação da proposta A Comissão de Viação e Transportes da Câmara do...

29/12/2022 às 09h55 Atualizada em 29/12/2022 às 10h24
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
O relator Rodrigo Coelho recomendou a aprovação da proposta - (Foto: Vinicius Loures/ Câmara dos Deputados)
O relator Rodrigo Coelho recomendou a aprovação da proposta - (Foto: Vinicius Loures/ Câmara dos Deputados)

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 69/22, que suspende portaria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) que padronizou os procedimentos de fiscalização do transporte clandestino de passageiros em todo o País.

O relator, deputado Rodrigo Coelho (Pode-SC), recomendou a aprovação do texto. “São flagrantes as ilegalidades observadas no ato normativo daquela autarquia, que assim exorbitou o seu poder regulamentar”, afirmou o relator.

A Portaria 27/22 ampliou o conceito de transporte clandestino de passageiros. Para o deputado Márcio Labre (PL-RJ), autor da proposta aprovada, isso se deu em desacordo com a Súmula 11/21, norma da ANTT hierarquicamente superior.

A súmula define transporte clandestino de passageiros como aquele realizado por pessoa física ou jurídica, sem autorização lavrada pela ANTT. Já a portaria, ainda segundo o deputado, elenca cerca de dez situações passíveis de atuação da fiscalização, e para cada caso determina as medidas cabíveis.

“É certo que a portaria exorbita seu poder regulamentar, infringe normas superiores e traz consigo a potencialidade de prejudicar todo o setor de transporte coletivo rodoviário de passageiros com interpretações indevidas daquilo que está previsto na legislação vigente”, sustentou Márcio Labre.

Tramitação
O projeto ainda será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Em seguida, o texto será votado pelo Plenário da Câmara.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
21h00 Nascer do sol
21h00 Pôr do sol
Dom ° °
Seg ° °
Ter ° °
Qua ° °
Qui ° °
Atualizado às 21h00
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 0,00 %
Euro
R$ 0,00 %
Peso Argentino
R$ 0,00 %
Bitcoin
R$ 0,00 %
Ibovespa
0,00 pts %
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Lenium - Criar site de notícias